Você sabe quais os sistemas essenciais para o controle e gestão dos seus clientes, processos e resultados? Nós contamos pra você.

Empresários e gestores reconhecem que uma gestão eficiente com foco em resultados e em pessoas é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, é preciso investir em práticas que garantam uma administração criativa e enxuta, voltada, principalmente, para questões como a fidelização de clientes, a otimização de processos, a redução de custos, a racionalização de recursos e claro, a inovação.

Assim sendo, as soluções tecnológicas se tornaram indispensáveis ao dia a dia das empresas. Isso porque oferecem a centralização, o processamento e a atualização dos dados em tempo real – o que simplifica o acompanhamento de KPIs (Key Performance Indicators) e a geração de relatórios gerenciais completos, determinantes para a tomada de decisão estratégicas.

Deste modo, é necessário contar com ferramentas para gestão, que contribuam para a identificação de oportunidades, bem como de desvios e ameaças. Afinal, análises abrangentes do mercado são essenciais para mitigar riscos, evitar prejuízos e consequentemente, aumentar o faturamento.

Dentre essas ferramentas para gestão, devemos citar:

1. ERP

O ERP (Enterprise Resource Planning) é capaz de reunir todas as informações de uma empresa em uma única plataforma. De fato, esse software integra departamentos e rotinas de trabalho, o que garante mais qualidade e agilidade aos procedimentos internos. Vale lembrar essa integração é a fundamental para a produtividade corporativa, já que as interpendências exigem uma comunicação rápida e efetiva.

É importante ressaltar que os softwares ERP possuem uma infinidade de funcionalidades e ainda podem ser parametrizados e customizados, de acordo com as características de cada negócio.

2. CRM

O CRM (Customer Relationship Management) é um conceito bastante amplo, que tem a intenção de detectar e antecipar as necessidades dos clientes, para que empresa possa ser mais proativa, atendendo às principais demandas do seu setor.

Na verdade, o termo CRM é comumente utilizado para designar todas as ações direcionadas ao gerenciamento do relacionamento com o cliente. Entretanto, também pode ser aplicado exclusivamente a um sistema integrado de gestão. Em geral, os softwares de CRM auxiliam as empresas em três aspectos: Operacional, Colaborativo e Analítico.

Operacionalmente, os sistemas de CRM auxiliam na integração e automação dos canais de atendimento, das ações de marketing e do processos de vendas. Permitindo as empresas aprimorarem desde a pré-vendas como a captação e qualificação de leads, atividades de vendas tais como gestão de territórios, carteiras de clientes, visitas e follow-ups até o pós-vendas, através da criação e manutenção do histórico de relacionamento com os clientes, passando pela gestão de serviços e até a escuta e gestão de redes sociais.

No aspecto colaborativo, o CRM auxilia na aquisição e disseminação das informações do negócio entre todas as áreas envolvidas no relacionamento com os clientes, preparando todos os pontos de contato para interagir de forma personalizada com cada um deles. O CRM colaborativo, propicia a integração do front-office com o back-office visando melhorar os processos de atendimento.

Em termos analíticos, o CRM permite a análise os dados e informações acumulados para identificar perfis e acompanhar comportamentos e hábitos dos clientes e, de posse dessas informações permite identificar as necessidades e os eventos que possam ocorrer na vida de cada um deles de modo a orientar o ajuste das estratégias.

Integrado ao ERP, o CRM permite a empresa supervisionar todas as transações e interações, planejar campanhas de marketing, segmentar sua carteira de clientes, orientar abordagens de vendas, acompanhar interações com o SAC e Redes Sociais, por exemplo. Assim, é possível avaliar detalhadamente toda a operação, localizando atrasos, gargalos, tendências e melhorando os processos para melhor entender e atender os clientes.

3. Business Intelligence (BI)

Por sua vez, o Business Intelligence (BI) está atrelado à coleta, ordenação, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que balizam a gestão de negócios. De modo simplificado, o BI pode ser compreendido como um conjunto de metodologias e tecnologias capazes de transformar uma grande quantidade de dados, em referências verdadeiramente úteis para os gestores.

O Business Intelligence é uma valiosa ferramenta para gestão, pois utiliza informações internas, integrando o ERP e o CRM. Mas, também aproveita outras fontes, como o Google Analytics, resultados de pesquisas, respostas das ações de e-mail marketing e até mesmo, dados externos como os indicadores do IBGE e de outros institutos – que enriquem e complementam essas análises, auxiliando na elaboração de diferentes cenários.

Considerando todas essas vantagens, fica evidente a importância da ferramenta para gestão em todas as empresas B2B. Afinal, a análise de dados é imprescindível para o processo de tomada de decisões – especialmente quando se trata de investimentos, exploração de novos nichos e expansão dos negócios.

Quer saber mais sobre gestão B2B? Cadastre-se em nossa Newsletter e fique por dentro das novidades do setor!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta