O BI (Business Intelligence), como o nome já demonstra, é uma inteligência voltada para empresas. Estamos falando de análises inteligentes dos negócios efetuadas através do cruzamento de dados internos e externos, suportados por boas ferramentas para entender os resultados e as operações da empresa e montar um planejamento delineando as próximas estratégias.

A grande importância desse cruzamento de dados está em fazer com que a empresa se volte um pouco mais a compreender o comportamento e as necessidades dos clientes já existentes uma vez que essas informações ajudarão a fidelizar aqueles que já se relacionam com seus negócios.

É claro que essa análise de dados também pode ser utilizada para conquistar novos clientes. A partir das informações coletadas dos clientes já existentes, é possível traçar um perfil mais fidedigno do público-alvo da empresa, ou seja, dos seus clientes mais rentáveis e “clonar” este perfil, direcionando ações de captação para potenciais clientes com perfil semelhante. Dessa forma, usar o BI no cruzamento de dados de clientes também é uma maneira de se destacar na concorrência.

Quer entender um pouco mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura e descubra agora como fazer o cruzamento dessas informações e utilizar essa técnica a favor do seu empreendimento. Acompanhe!

Como realizar o cruzamento de dados por meio do BI?

O BI oferece esse serviço da seguinte maneira: digamos que uma empresa tenha diversos departamentos — vendas, marketing, logística, cobrança e outros — e cada um deles tem determinadas informações a respeito dos clientes. O BI consegue integrar esses dados e, a partir disso, a empresa consegue tomar decisões mais acertadas, com uma menor margem de erro.

A questão agora é: onde estarão esses dados iniciais? Bom, nesse caso, a sua empresa já precisa ter estes dados armazenados de forma estruturada. Pode ser em sistemas, como ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial), CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente) e DW (Armazém de Dados) ou até mesmo em planilhas Excel. Outras fontes de dados possíveis que podem trazer informações valiosas são as estatísticas do seu site, do blog, das suas redes sociais e outras mais que tiver acesso.

Esses dados internos também pode ser cruzados com os externos. Por exemplo, pode ser interessante conhecer um pouco mais sobre as características da população em determinada região. Por isso, utilizar informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) pode ser uma boa estratégia para entender ainda mais o seu negócio.

Por que utilizar o BI nesse processo?

Muitos acham que o BI é desnecessário e que utilizar o cruzamento de dados de maneira “crua”, ou seja, sem aplicar os conceitos e ferramentas de Business Intelligence, é uma opção. Mas, vamos mostrar a você agora por que utilizar o BI é a melhor escolha. Veja!

Melhora a eficiência

Com a ajuda do BI, os gestores conseguem identificar um problema em tempo real e resolvê-lo de maneira mais rápida, monitorando o painel de controle pelo próprio ceular. Outra vantagem é que essas informações podem ser compartilhadas rapidamente, fazendo com que mais cabeças tentem resolver o mesmo problema.

Reforça o processo de trabalho

A introdução do BI na análise de dados da empresa permite que a equipe não foque apenas nos números mais sim em criar estratégias e soluções. Outro ponto é que os gestores de cada área conseguem fazer ajustes em erros durante o processo, evitando que um problema maior seja criado na outra ponta.

Aumenta o conhecimento sobre o cliente

Quer ter sucesso no seu empreendimento e conquistar cada vez mais clientes e, ainda mais importante, fidelizá-los? Então, conhecê-los ao máximo é a melhor opção. Essa análise feita por meio do BI permite que a empresa conheça cada vez mais o cliente e, assim, possa oferecer o que ele realmente precisa.

Percebeu como o cruzamento de dados associado ao BI é importante para qualquer empresa? Além de todas essas vantagens já citadas, você ainda garante a otimização dos custos, evitando que os gastos sejam além do esperado e mantendo o equilíbrio financeiro da empresa.

Quer mais dicas de ferramentas e fatores a considerar no cruzamento de dados? Então Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos todo mês no seu e-mail.