A implementação de ferramentas voltadas à gestão do relacionamento com clientes é extremamente vantajosa para as empresas que desejam estruturar estratégias de CRM. Estas ferramentas permitem unificar as estratégias de marketing, vendas e atendimento e trazem uma série de benefícios como, redução do ciclo de vendas, maior previsibilidade de receita, aumento do ticket médio, rentabilização e fidelização de clientes, além de otimizar e automatizar processos, reduzindo custos operacionais.

Nesse sentido, é preciso compreender a importância dessa ferramenta dentro da organização e também entender quais são as etapas de implementação do CRM, visando tornar esse processo mais ágil, eficiente e com resultados reais para o negócio.

A seguir, explicamos melhor qual a importância de implantar CRM na empresa, quais os impactos para os negócios e quais suas principais etapas. Confira agora!

Importância de implantar CRM na empresa

Como dissemos, o relacionamento com o cliente é um dos principais ativos de uma empresa e o CRM, ferramenta desenvolvida para unificar e centralizar as informações dessa relação, é de crucial importância para desenvolver estratégias que fortaleçam a conexão entre o negócio e seu consumidor.

Ao desenvolver um laço de conexão mais forte e estreito, passa a ser possível aumentar os índices de satisfação e retorno dos clientes, diminuir as taxas de churn e também aumentar o ticket médio de consumo, o que torna o uso do CRM uma opção extremamente interessante para empresas que desejam crescer de forma sustentável.

Etapas da implementação de um CRM

É importante compreender quais são as etapas da implementação de um CRM dentro da empresa, especialmente para dimensionar o trabalho necessário, seus impactos nas rotinas diárias e como ele deve ser planejado. Explicamos algumas dessas etapas abaixo. Confira!

Análise das necessidades da empresa

O primeiro passo para implantar CRM na empresa é entender quais são as necessidades da empresa e como a ferramenta pode e deve suprir essas carências, visando integrá-la ao dia a dia da operação de forma orgânica e eficiente.

Análise das ferramentas necessárias

O próximo elemento a ser considerado é a análise das ferramentas que serão necessárias para a operação e que deverão fazer parte dos serviços oferecidos pelo CRM, como registro de ligações, acompanhamento de chamados, disponibilização de informações de forma centralizada, dentre outras.

Análise dos desafios a serem enfrentados

Também é necessário que os obstáculos e desafios a serem enfrentados na implementação do CRM sejam mapeados previamente, para que seja possível contornar problemas e preparar soluções para os momentos de conflito.

Teste das aplicações em ambiente controlado e real

O último momento da implementação é testar como a aplicação se encaixa nos processos da empresa, primeiramente em ambiente controlado e de teste e, posteriormente, na operação diária, visando compreender se todas as necessidades foram supridas ou se existe necessidade de mudanças.

Melhores práticas para implantar o CRM nos negócios

Como é possível perceber, adotar uma estratégia para implantar o CRM na empresa exige que se busque conhecimentos técnicos, práticos e de vivência da aplicação, mas também exige que a equipe esteja alinhada com os objetivos de utilização da ferramenta e que busque compreender quais as vantagens de sua utilização.

Para garantir que o CRM traga os resultados esperados pela empresa, é fundamental que todos os colaboradores estejam cientes de sua utilização, compreendam sua estrutura e adotem a plataforma como centro de informação e comunicação com os clientes, visando transpor os dados para uma única base de informações integrada.

Ao implantar CRM na empresa será possível otimizar a produtividade de toda a equipe e proporcionar um melhor desenvolvimento para o negócio.

Se você gostou do artigo e quer ficar informado sobre as novidades, assine nossa Newsletter.

Quer saber como escolher a melhor ferramenta de CRM para sua empresa? Clique no link abaixo e receba nosso guia passo-a-passo.