Posts

A utilização de Business Intelligence vem crescendo cada dia mais nas organizações, que esperam, com essa solução, administrar com eficiência e tirar o máximo proveito do alto e crescente volume de informações que coletam de fontes diversas.

Infelizmente, as tentativas de implantação da tecnologia, em muitas empresas, terminam em fracasso e problemas em projetos de BI são bastante comuns.

Muitas vezes, os profissionais envolvidos no projeto não estão preparados para lidar com a nova interface de dados ou não têm uma visão clara dos objetivos da empresa em relação ao sistema, o que compromete a eficácia do projeto.

Neste artigo, você vai saber quais os problemas mais comuns em um projeto de BI e entender o que deve ser feito para evitá-los. Continue a leitura!

Falta de planejamento

Antes de implantar um sistema de BI, é preciso definir claramente quais os objetivos que se deseja alcançar, entender a estrutura de dados, o perfil da empresa e quais as necessidades dos gestores para, só então, traçar as etapas do projeto, garantindo que tudo ocorra no seu devido tempo e traga resultados eficazes.

Também é importante definir KPIs (indicadores chave de desempenho), a fim de acompanhar e mensurar os resultados, facilitando o cálculo do retorno sobre o investimento e a eficácia do sistema.

A falta de planejamento e visão global de longo prazo pode resultar em apenas algumas poucas melhorias em relatórios com dados que já circulavam pela organização, sem apresentar o dinamismo esperado, restringindo-se a áreas específicas e sem alinhamento com os gestores.

Falta de suporte multiplataforma

Um dos pontos que devem ser observados é a aquisição de uma ferramenta de Business Intelligence que ofereça suporte multiplataforma.

Muitos sistemas de gestão possuem suas visões analíticas acopladas, porém, para se fazer, ter e colher os verdadeiros resultados do Business Intelligence é preciso que a plataforma de BI seja capaz de acessar e cruzar de diferentes fontes de dados como CRM, ERP e até mesmo fontes externas de dados e estatísticas, como o IBGE, CAGED, entre outras, pois com isso é possível analisar e gerenciar dados diversos para se obter informações completas e bem estruturadas de real valor para a organização e consequentemente, que gere resultados mais eficazes.

Falha nos dados mapeados

Por melhor e mais atraente que seja um sistema, ele trabalha a partir dos dados que recebe e armazena, portanto, é muito importante que as informações estejam corretas e atualizadas em suas fontes.

Esse é um grande desafio, já que, muitas vezes, ao implantar o sistema, ele capta dados utilizados pela empresa que podem conter erros, estar incompletos ou até inacessíveis.

É muito importante que a estrutura de dados seja administrada de forma eficiente e que os dados internos sejam sempre atualizados para que o sistema possa apresentar resultados consistentes.

Ausência de gestão da mudança

Planejamento é mesmo fundamental desde a decisão de implantação do sistema, mas também é muito importante contar com uma equipe de gestão da mudança. Afinal, durante sua implantação, podem ocorrer tanto mudanças externas, que exijam adequações, como descobertas de falhas ou mudanças internas da organização, que exigirão alterações em sistemas e em processos para que os resultados do BI sejam efetivos.

Portanto, é preciso trabalhar com uma equipe preparada para prever e entender a importância das mudanças e capaz de realizá-las ao longo projeto. A ausência da gestão da mudança pode incorrer em gastos inesperados e atrasos na implantação do sistema.

Falta de treinamento da equipe

Será, com certeza, um mau negócio implantar um sistema de BI sem buscar o engajamento e o treinamento dos funcionários na utilização.

A medida pode ser uma mudança incômoda para quem está acostumado a tratar dados e analisar planilhas e relatórios no Excel, assim, muitos podem apresentar resistência à alteração.

Esse é um ponto que deixa clara a importância de uma parceria com uma empresa especializada em consultoria e implantação de sistemas BI. Ela oferece todo o preparo e o treinamento de que a sua equipe precisa para entender e operar o sistema com eficiência.

Os profissionais especializados estão habituados a trabalhar com a implantação do sistema desde o seu planejamento até que ele esteja em funcionamento e sendo bem utilizado pelos colaboradores.

Juntamente aos gestores, eles vão comandar com eficiência cada etapa do projeto, minimizando drasticamente os problemas em projetos de BI. Portanto, a melhor solução para acertar no seu investimento é contar com a parceria de uma empresa focada e experiente em inteligência de negócios.

Quer saber como escolher a melhor ferramenta de BI para otimizar os processos da sua empresa? Baixe nosso e-book!

Destacar-se no mercado é o objetivo de qualquer empresa e, o que antes parecia ser algo distante e exclusivo das megacorporações, pode ser a solução para a sua organização. A utilização de um software de BI para pequenas empresas tornou-se algo cada vez mais comum.

Mas, afinal, como o BI pode ajudar o negócio a crescer e se destacar entre tantos concorrentes? No artigo de hoje, responderemos a esta e outras perguntas, então, separe um tempo e boa leitura!

O que é Business Intelligence?

Também conhecido como BI, o Business Intelligence consiste em um conjunto de técnicas para coletar e organizar os dados vindos de ferramentas de infraestrutura, aplicações operacionais e demais fontes internas ou externas, a fim de proporcionar o monitoramento em tempo real e a análise estratégica do negócio.

Para as pequenas empresas, ele possibilita melhorar processos e tornar a tomada de decisões algo mais assertivo, pois ela será embasada em dados e não em achismos ou intuição, que também são importantes, mas que estão no campo do intangível.

Por que investir em soluções de BI?

Independentemente do tamanho de uma empresa, todas elas tem o mesmo objetivo: crescer e se destacar no mercado. Contudo, a concorrência está cada vez mais acirrada, exigindo um planejamento impecável, respostas rápidas a falhas e estratégias ágeis que possam ser mensuradas e tragam o retorno esperado.

Ainda existem muitas organizações que têm levam muito tempo gerando relatórios, esperando o mês acabar para consolidar o fechamento e, neste meio tempo, decisões são tomadas com base nos palpites dos gestores. Além de muito morosa, esse tipo de gestão é um tanto arriscada.

Quer crescer, melhorar sua gestão e se destacar no mercado? Então você precisa investir em ferramentas e soluções de BI para pequenas empresas.

Quais os benefícios para as PMEs?

Mas, afinal, quais são os reais benefícios de se utilizar o BI? Veja abaixo algumas vantagens que seu negócio terá.

Melhoria na gestão empresarial

Uma solução de BI possibilita a melhoria de cada etapa da gestão de sua empresa, incluindo os recursos humanos, controle financeiro e ajustes nos processos internos, identificando gargalos e falhas na comunicação.

Simplificação de decisões estratégicas

Uma vez que você tem todas as informações sobre sua companhia reunidas e organizadas, você conseguirá avaliar diversas situações e tomar as decisões da maneira mais assertiva possível. Com a definição dos KPIs adequados, o processo se torna mais seguro.

Otimização dos controles internos

A ausência, morosidade e não automação de controles internos é uma grande abertura para a empresa ter prejuízos constantes. Por meio de uma solução de BI, é possível acompanhar em tempo real o resultado das operações de vendas, estoque, financeiro, logística, produção, trazendo mais inteligência e rapidez na tomada de decisões.

Como implantar o BI para pequenas empresas?

Primeiro, é preciso avaliar quais são as demandas atuais. Se você não trabalha com sistemas digitais, antes de pensar em implantação de uma solução de BI, você precisa modernizar a organização e se preparar para a Era da Transformação Digital.

Diferentemente do que muitos pensam, implantar BI para pequenas empresas não é algo tão caro ou tão complexo de se operar, muito pelo contrário.

Tudo o que você precisa fazer é escolher a solução que atende às suas necessidades, as origens dos dados a serem analisados e definir quais serão as métricas que deverão ser acompanhadas para mensurar a efetividade de cada processo ou ação.

Atualmente, existem soluções com bom custo-benefício, muito fáceis de se operar e que oferecem exatamente o que sua companhia precisa. É o caso do Power BI, a ferramenta de business intelligence da Microsoft que está revolucionando o mercado com seu baixo custo de licença e facilidade de implantação.

Ainda está em dúvida se o BI é para sua empresa? Faça o download do Power BI e descubra o que ele pode fazer por você!

O Business Intelligence (BI) é um conceito de muita relevância para o mercado moderno, que está cada vez mais competitivo e exigente. Para obter ajuda no processo de tomada de decisão, adquirir conhecimento dos indicadores relevantes e otimizar os processos internos, um software de BI é imprescindível.

Quer saber mais? Então confira o artigo que preparamos sobre o assunto!

O que é um software de BI?

O Business Intelligence, termo em inglês para inteligência de negócios, consiste em uma cultura focada em dados. É o uso de informações coletadas para facilitar a gestão e a tomada de decisão.

O conceito se baseia na organização de dados de uma forma estratégica para gerar mais valor para a companhia e cooperar com a administração. Surgiu como uma mudança de paradigma com relação ao modelo antigo que era caracterizado por decisões baseadas em intuição. Com o BI, as escolhas são amparadas por um bom conjunto de informações, que revelam o estado atual da organização.

Como F. V. Primak informa em seu livro “Decisões com BI (Business Intelligence)”, o termo surgiu na década de 80 no Gartner Group e evoluiu à medida que o mundo empresarial foi se tornando mais complexo e as tecnologias foram invadindo esse ambiente.

Esse conceito é materializado nas companhias como ferramentas computacionais robustas que auxiliam na gestão com a análise e coleta de dados. Esses sistemas podem ser integrados com outras aplicações da empresa para incrementar a capacidade de visualização e otimizar as análises.

Em uma pesquisa de 2016, 60% das empresas responderam que desejam acelerar os investimentos na área, pois compreendem seu potencial. Para 54% dos entrevistados, melhorar a visualização dos dados é um imperativo estratégico. Ou seja, BI é tecnologia em crescimento.

Como funciona um software de BI?

Um software de BI fornece conhecimento para os utilizadores por meio de relatórios, gráficos e dashboards. Depois de coletar, organizar e analisar os dados brutos, o sistema gera valor e exibe em formas fáceis de visualizar para que os gestores possam decidir o que fazer baseado nisso.

As aplicações coletam todos os tipos de dados: internos, relacionados com os processos das companhias, etapas de produção e questões operacionais; bem como externos, referentes aos clientes e ao mercado como um todo.

Logo após a coleta, o sistema organiza esses dados em bases prontas para armazená-los. Depois disso, essas informações em estado bruto são mineradas com ferramentas de ciência de dados e estatística para identificação de padrões, correlações e algum tipo de sentido.

Depois das fases de coleta, organização e processamento, o BI consegue encontrar valor no conjunto de entrada e fornece isso como saída com os métodos de visualização já mencionados. Então, vem a fase de monitoramento que, como o nome já diz, consiste no acompanhamento por parte dos executivos.

Além das questões operacionais, os sistemas de BI também ajudam a controlar funções estratégicas, com análises e previsões para longo prazo, estatísticas mais complexas e indicadores de desempenho (KPIs). É possível também criar análises preditivas, que, com base nos padrões encontrados, conseguem prever o que vai acontecer no contexto do negócio.

Como um software de BI pode ser utilizado na empresa?

Por causa de suas funcionalidades já citadas, o BI pode ser utilizado para auxiliar e reforçar a gestão estratégica, permitindo um controle maior de objetivos e metas, bem como do histórico de ações. Com ele, o gestor tem mais certeza de suas ações, pois consegue mensurar bem as consequências de cada uma delas.

Também pode ajudar a identificar tendências de mercado, o que ajuda a empresa a se posicionar e se destacar diante da concorrência. Decisões mais adequadas podem ser tomadas, como adaptação a uma abordagem mais moderna que poderá render melhores resultados.

Mas além das questões estratégicas, o BI também pode ajudar nas decisões do dia a dia, que dizem respeito às operações internas. Por exemplo, o funcionamento de um determinado equipamento na empresa pode estar comprometido por algum motivo, mas o conhecimento gerado por ferramentas de Business Intelligence ajuda a optar pela melhor saída para esse problema. Aliás, é possível, inclusive, monitorar a saúde do maquinário para prever situações como essas.

Aplicações de BI auxiliam na segmentação em campanhas de marketing e na preparação de ações mais efetivas para atrair mais clientes. Com os dados coletados e analisados, a empresa consegue chegar a uma estratégia eficiente que sabe exatamente como abordar as pessoas para convertê-las em consumidores.

O relacionamento da empresa com o público melhora também, já que os executivos passam a ter um conhecimento maior do perfil dos clientes, suas preferências e necessidades, e podem investir em ações mais específicas.

Ademais, a gestão dos produtos e da logística também é reforçada, com monitoramento e uma análise completa que permite uma visão ampla de todos os ativos e bens da organização, bem como do estoque.

Quais as vantagens de um software de BI?

Veremos agora algumas principais vantagens dos softwares BI.

Otimização de processos

Um dos benefícios é a otimização dos processos, que se dá com a eliminação de gargalos operacionais. Assim, a equipe interna consegue agilidade para trabalhar e para entregar resultados de qualidade. O sistema possibilita prever problemas e se preparar para eles, além de tomar decisões para resolver os que ocorrerem em menos tempo e com mais eficácia.

Análise de desempenho

A possibilidade de contar com relatórios, gráficos e outras técnicas de visualização permite que os gestores acompanhem as performances das equipes e monitorem as etapas de produção a fim de buscar melhorias significativas e pontuais. Assim, eles conseguem otimizar a produtividade.

Para empresas com lojas franqueadas, por exemplo, a grande vantagem é a capacidade de monitoramento remoto, que ajuda a identificar os pontos fortes e fracos. É possível ainda compreender a queda de vendas em determinado momento do ano.

Melhor gestão de informações

Ter um sistema de BI na empresa é como contar com uma ferramenta poderosa que melhora a gestão e o fluxo de informações. Os líderes dispõem de dados sempre que necessário, o que facilita bastante o dia a dia.

Muitas empresas que não utilizam BI ficam surpresas com os próprios resultados no final do mês e não conseguem compreender como falharam em determinados objetivos traçados. Quem utiliza esse tipo de sistema de análise consegue entender o negócio em tempo real e gerenciar tudo o que acontece e, assim, não é surpreendido.

Redução de custos

Os benefícios citados implicam em redução de custos para as companhias, afinal, com menos problemas operacionais os recursos são utilizados de maneira mais eficiente. Além disso, com uma tomada de decisão mais precisa, os líderes ficam aptos a eliminar gastos desnecessários.

Automação

Outra grande vantagem é a possibilidade de contar com ferramentas que automatizam o trabalho e evitam o esforço humano em questões repetitivas e burocráticas, para que eles fiquem livres para trabalhos mais estratégicos. Assim, a precisão nas atividades aumenta, com menos erros e falhas.

Quais as principais características e diferenciais do Power BI?

A seguir, vamos conhecer algumas características que destacam a solução PowerBI da Microsoft.

Custo-benefício

Por ser uma solução baseada na computação em nuvem, o Power BI se destaca por conta do custo reduzido. O investimento inicial para implantar o sistema é baixíssimo: apenas 10 dólares mensais. Não requer gastos com licenças, nem custos para manter servidores.

Facilidade de uso

O sistema é intuitivo e a Microsoft oferece uma documentação robusta e completa para auxiliar no uso. Os dados podem ser visualizados via navegador ou aplicativo móvel, e é possível acessar um relatório já em duas semanas ou um mês.

Performance

Por ser um sistema na nuvem, a performance é outro ponto a se destacar, com uma boa capacidade de processamento e velocidade na disponibilização de informações.

Conectividade

O Power BI também é compatível com diversas outras ferramentas do mercado, bancos de dados mais comuns e outras aplicações em nuvem. Ademais, os usuários podem integrar o programa com a linguagem R e combinar o poder dessas duas tecnologias para análises preditivas.

O Business Intelligence é um conceito fundamental para auxiliar na gestão, pois permite uma visão ampla dos negócios a partir da análise de dados. Assim, fica mais fácil para tomar decisões adequadas aos processos e às necessidades e conseguir resultados concretos para crescimento do negócio e otimização das atividades internas.

Agora que você já sabe mais sobre as vantagens de um software de BI, acesse nosso site e comece agora mesmo a testar o Power BI!